Porto Advogados doa 10 Biciclotecas para o Instituto Mobilidade Verde

Foi vivendo nas ruas que Robson Mendonça descobriu as dificuldades de não ter um endereço, entre elas, a de não poder emprestar livros em bibliotecas públicas. Assim, o gaúcho que viveu nessa situação em São Paulo até 2003, fã de  A Revolução dos Bichos, de George Orwell, prometeu a si mesmo criar uma biblioteca só para moradores de rua.

Hoje presidente do Movimento Estadual de População em Situação de Rua, é ele quem conduz pessoalmente o triciclo com capacidade para 150 kg de livros, que circula com facilidade no trânsito caótico de São Paulo, colaborando com o trabalho das comunidades que já atuam com cultura e inclusão social por meio da leitura.

Só em 2011, o projeto recebeu mais de 25 mil livros em doação e distribuiu 8 mil livros entre desabrigados. “Ao receber um livro, os novos leitores têm a missão de passar a obra adiante e desta maneira colaborar para que o trabalho alcance outras pessoas”, explica Lincoln Paiva, diretor do Instituto Mobilidade Verde.

Leia restante do artigo na Select

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s